Por que DAQUI A 10…?

O nome surgiu quando li uma matéria no site Comic Book Resources citando uma frase do editor da Image Comics, Eric Stephenson:

“Things like Saga and Walking Dead and Fatale, these are things that people want to return to. People can recommend these things to their friends, even people that don’t read comics. As opposed to tailchasing events, these yearly spike makers, but who’s going to be talking about AvX ten years from now?”.

Calhou de no mesmo dia eu ter lido SAGA de Brian K. Vaughan e ter pensado na quantidade de HQs de alto nível que estão saindo fora do eixo Marvel/DC. HQs como THE MASSIVE (Dark Horse) e THIEF OF THIEVES (Image Comics) que dificilmente chegarão aqui (ok, THIEF OF THIEVES deve chegar por ter o nome de Robert “Walking Dead” Kirkman na capa). Senti uma vontade de fazer um blog apresentando algumas dessas séries que, na minha opinião, estão solidificando o mercado de quadrinhos “adultos”, ou seja, com palavrões e sem super-heróis coloridos e perfeitos. São estórias que, como disse Eric Stephenson, dão vontade de recomendar para seus amigos, mesmo (ou principalmente) aos que nunca leram um gibi na vida. Porém, já adianto que o blog não será só sobre estas HQs, também falarei sobre qualquer gibi que me chame a atenção e que mereça elogio (DAREDEVIL de Mark Waid por exemplo).

Outra coisa, como são estórias que ainda não foram lançadas aqui tentarei ao máximo evitar spoilers mas como não sou expert em escrita as vezes poderá passar algum.

Vale mencionar também que não compro todos os gibis que leio, isso seria impossível. Leio os scans mesmo, muitos, logo que são lançados. Graças aos scans já fui apresentado para muitas estórias novas e que, 98% das vezes me levaram a comprar o encadernado quando por aqui são lançados. Dito isso, já adianto que não disponibilizarei nenhum destes scans para download nesse blog pois não é a função dele. Bem, chega desse assunto por agora, prometo um post maior sobre ele no futuro.

Ah! Por falar nisso, como não sou um bom escritor e sou meio preguiçoso… neste blog, promessa NÃO é dívida.